Uso de dados no varejo: como possibilitar uma melhor experiência de compra aos clientes?

O uso de dados no varejo é o que há de mais moderno e útil para os supermercados e outros estabelecimentos do comércio varejista. 

Nesse tipo de atividade, o gestor deve utilizar recursos tecnológicos para automatizar as atividades e coletar informações, que podem ser úteis nos processos de tomada de decisão.

Com os dados em mãos, é possível proporcionar uma melhor experiência de compra aos clientes. 

Assim, automaticamente, os lucros também devem crescer, tendo em vista que as pessoas se sentirão mais à vontade para comprar em um local em que encontram facilidades.

Veja como o uso de dados no varejo pode ser aplicado

Atualmente, os lojistas precisam ter em mente que não têm mais apenas as outras lojas da sua rua ou cidade como concorrentes.

O crescimento da internet e do e-commerce possibilitou que as pessoas pudessem comprar os produtos que necessitam em qualquer lugar do mundo.

O morador da rua X não precisa mais ir até o mercadinho na sua rua por comodidade, se ele tiver uma experiência melhor com o estabelecimento da rua Y, que é mais longe, mas oferece delivery, por exemplo. Logo, é preciso buscar meios para se diferenciar e proporcionar um excelente atendimento e experiência.

O uso de dados no varejo pode ser aplicado, nesse sentido. Veja, a seguir, algumas soluções que podem ser aplicadas!

Busque pontos de melhoria

Você pode observar a jornada de compra dos clientes e buscar pontos de melhoria. Imagine, por exemplo, que muitas pessoas reclamam sobre a demora nas filas do caixa para pagar as contas.

Nesse caso, uma boa alternativa é oferecer tecnologias autônomas para que o próprio consumidor passe as compras e faça o pagamento ao final da jornada.

A mesma busca por melhorias pode ser colocada em prática em diversas outras situações. O interessante é sempre monitorar os dados para verificar os pontos que merecem mais atenção do seu negócio.

Simplifique os processos de compras

As rotinas das pessoas são cada vez mais corridas e em meio a tantas atividades, perder muito tempo dentro de um supermercado é algo que não está nos planos de ninguém.

Por isso, observe os dados para simplificar os processos de compras.

Se o gestor de um supermercado perceber que em determinado momento do dia, como depois das 18 horas, o movimento se intensifica, significa que boa parte dos clientes são trabalhadores, que fazem compras após o horário de expediente.

Logo, o processo de compra pode ser simplificado, para que essas pessoas tenham ganhos em agilidade e possam logo pegar o que precisam e ir para as suas casas descansar.

O consumidor pode usar um aplicativo para fazer as compras que deseja e selecionar um horário para ir buscá-las. Em horários de menor movimento, os produtos são selecionados e separados para os clientes.

Ofereça promoções personalizadas

Uma das principais maneiras para fazer o uso de dados no varejo é oferecendo promoções personalizadas. As pessoas têm interesses individuais e nem sempre uma oferta generalista é interessante para todos.

Quando você conhece os gostos e as necessidades de cada cliente pode criar ofertas personalizadas, com os produtos que cada consumidor mais gosta. Essa é uma excelente maneira para gerar mais vendas e também fidelizar quem compra de você.

Saiba como um app próprio pode ajudar no uso de dados no varejo

O uso de dados no varejo pode ser muito fortalecido quando se tem um app próprio.

Isso porque você terá em suas mãos os hábitos de consumo de seus clientes e com isso poderá pensar em estratégias de promoção cada vez mais customizadas e individuais.

Você poderá oferecer promoções específicas a clientes específicos. Se um cliente do seu supermercado nunca compra produtos de limpeza, por exemplo, não há motivos para criar uma oferta desse tipo para ele. 

Agora, se ele sempre compra um determinado alimento e esse item entrar em oferta, certamente ele gostará de ser avisado. Logo, o seu supermercado terá ganhos de imagem e também fará mais vendas.

Com o uso de dados no varejo, que podem ser obtidos com um aplicativo próprio para delivery e também para compras dentro do próprio estabelecimento, você poderá aperfeiçoar a jornada de cada cliente.

Vale destacar que quando você utiliza aplicativos de marketplaces, os dados dos Usuários e seus clientes não ficam com você, mas sim com as operadoras desses aplicativos.

É por isso que ter um aplicativo próprio é a melhor solução para o aproveitamento desta informações e oportunidades para o crescimento do seu supermercado..

Não é exagero dizer que o uso de dados no varejo é essencial para a sobrevivência desse tipo de negócio. Por isso, não deixe para depois o investimento  nesse segmento, caso queira se manter firme e forte no mercado.

Assine a nossa newsletter e receba em seu e-mail mais dicas e orientações importantes para o ramo supermercadista.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *